Procurando lugares bons e baratos para comer, beber e se divertir no Rio de Janeiro?

Aqui vamos divulgar os lugares que cobram preço justo, com comida e bebida boa, acompanhados de serviços de qualidade.

PUBLICIDADE
anuncie aqui
Criação de Sites para Restaurantes RJ | RHOdesign

PROCON interdita Bar dos Chicos + 18 locais no Maracanã e VilaIsabel

procon-interdita-bar-dos-chicos-maracana-rj-2015

O Procon Estadual realizou, nesta terça-feira (01/09), a Operação Cabeça de Área, que fiscalizou 21 estabelecimentos no entorno do estádio do Maracanã. Foram autuados 19 estabelecimentos. Desses, dois foram interditados e três outros tiveram as cozinhas interditadas.

O Bar dos Chicos, localizado na Rua General Canabarro, 119, foi um dos locais interditados. Não foi apresentado aos fiscais o certificado de potabilidade da água nem o certificado de dedetização. O bar também não tinha o certificado do Corpo de Bombeiros e havia seis botijões de gás na área interna, cada um com 45kg, o que é proibido. Os fiscais encontraram ainda 33kg e 200g de alimentos impróprios ao consumo e um barril com capacidade para 50 litros de chope vencido, conectado à chopeira e praticamente cheio. Além disso, a cozinha e área interna estavam muito sujas, com fiação exposta, azulejos quebrados e lixeiras sem tampa nem acionamento por pedal.

O Mini Market Bar, localizado na Rua Isidro de Figueiredo, número 7, foi interditado pela ausência do certificado do Corpo de Bombeiros e pela presença de um extintor vencido desde dezembro de 2014. As cozinhas da Pensão Jaleco, na Rua São Francisco Xavier, 555; da Gartes Sorvetes, número 543, loja A; e do Delírios Kilo de A a Z, número 545 da mesma rua, foram interditadas pela ausência do certificado do Corpo de Bombeiros e pela presença de botijões de gás. Os fiscais determinaram que os botijões fossem retirados imediatamente das cozinhas.

Os 2 únicos estabelecimentos em que não foram encontradas irregularidades foram: Motinha Bar (Rua Professor Eurico Rabelo, 105, loja C) e Cafeteria Cake (Rua Isidro de Figueiredo, 1).

Balanço da Operação Cabeça de Área:

  1. Bar dos Chicos (Rua General Canabarro, 119 – Maracanã): Vencidos: 15kg e 500g de feijão fradinho; 500g de ervilha; 700g de fermento. Barril de 50 litros com 45 Litros de chope vencido. Sem especificação: 9kg de frango a passarinho; 5kg de filet de frango; 2kg e 500g de picanha. Cozinha e área interna com muita sujeira, fiação exposta e azulejos quebrados. Ausência do certificado de potabilidade da água. Ausência do certificado de dedetização. Lixeiras sem tampas e sem acionamento de pedal. Havia seis botijões de gás (de 45 kg, cada) na área interna. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência do Livro de Reclamações. Estabelecimento interditado.
  2. Delírios Kilo de A a Z Bar Lanchonete Ltda (Rua São Francisco Xavier, 545 – Maracanã): Chão da cozinha no cimento. Tela de proteção rasgada. Porta do banheiro com saída para cozinha. Um botijão de gás na cozinha. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar. Cozinha interditada e determinada a retirada imediata do gás da cozinha. Ausência do certificado de potabilidade da água.
  3. Carioca da Vila (Boulevard 28 de Setembro, 267 – Vila Isabel): Produtos sem especificação encontrados na cozinha: 4kg de feijão. Vencido: 23 L de chope em barril de 50L, conectado. Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar. Ausência do Livro de Reclamações. Ausência de cartaz informativo da disponibilidade de água potável, filtrada e gratuita. Ausência de certificado de dedetização. Prazo de 15 dias para apresentação.
  4. Visconde de Gourmet (Rua General Canabarro, 236 – Maracanã): Sem especificação: 8kg de picanha; 10 kg de picanha misturada com linguiça; 5kg de ponta de alcatra; 2kg de filet de peixe; 2kg de camarão; 4kg de filet mignon; 500g de champignon; 500g de petit pois; 500g de milho em conserva; 100g de bacon. Ausência do Livro de Reclamações. Ausência de cartaz informativo da disponibilidade de água potável, filtrada e gratuita. Sujeira nos fogões e geladeiras – determinada a limpeza imediata. Três extintores despressurizados e quatro faltantes, o laudo do certificado do Corpo de Bombeiros exigia sete extintores. Irregularidade foi sanada no momento.
  5. Hortelã (Boulevard 28 Setembro, 54 – Vila Isabel): Ausência do certificado de potabilidade da água. Prazo de 15 dias para apresentação. Lixeira sem pedal na área de preparo de sucos e vitaminas. Alimentos sem especificação encontrados na cozinha: 2kg de peixe; 5kg de contra filet; 8kg de filé de frango; 1kg e 800g de linguiça. Com etiqueta ilegível: 1kg e 500g de bacalhau; 490g de camarão. Laranjas em conato direto com o piso (sem palettes).
  6. Temperos da Vila (Boulevard 28 de Setembro, 171 – Vila Isabel): Ausência do certificado de dedetização. Ausência de cartaz informando sobre fornecimento de água potável. Sem informação: 2 kg e 600g contra filé; 475g de lombinho suíno; 890g de alcatra; 1 kg e 200g de camarão; 250g de salmão. Produtos vencidos: 2kg e 200g de salmão; 1kg e 500g de peixe.
  7. Bolos da Vovó (Boulevard 28 de Setembro, 86, loja A – Vila Isabel): Ausência do certificado de potabilidade da água. Prazo de 15 dias para apresentação. Alimentos sem especificação encontrados na cozinha: 12 kg de recheio de frango; 1kg e 400g de mistura para cuca; 1kg e 700g de salsicha; 1kg e 500g de cereja; 490g de calabresa ralada.
  8. Pensão Jaleco (Rua São Francisco Xavier, 555 – Maracanã): Ausência do Livro de Reclamações. Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar. Três botijões de gás dentro da cozinha (interditado a cozinha). Determinado a retirada imediata dos botijões de gás sob pena de incorrer no crime de desobediência.
  9. Mega Matte (Boulevard 28 de Setembro, 44 – Vila Isabel): Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar.
  10. Bar e Lanchonete dos Esportes (Rua Professor Eurico Rabelo, 105 lojas G-H – Maracanã): Ausência da autenticação no Livro de Reclamações.
  11. Subway (Rua São Francisco Xavier, 553 – Maracanã): Ausência do Livro de Reclamações. Ausência de certificado de potabilidade da água. Prazo de 15 dias para apresentação. Ausência de cartaz informando que disponibiliza água potável.
  12. Lanches Massilia (Rua São Francisco Xavier, 553, loja A – Maracanã): Um pacote de pão de forma vencido em 18/08. Ausência do Livro de Reclamações. Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência de alvará de funcionamento. Alvará da antiga empresa, providenciando a troca. Ausência de certificado de potabilidade de água. Ausência de certificado de dedetização. Prazo de 48 horas para apresentar todos os documentos.
  13. Mini Market Bar (Rua Isidro de Figueiredo, 7 – Maracanã): Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Extintor vencido em dezembro de 2014. Estabelecimento interditado.
  14. Bar Tip Top (Rua São Francisco Xavier, 368, loja B – Maracanã): Produtos vencidos: 6 latas de refrigerante vencido.
  15. Chiquinhos Grill (Rua São Francisco Xavier, 474 – Maracanã): Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar.
  16. Mister Pizza (Boulevard 28 de Setembro, 245 – Vila Isabel): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar.
  17. Dindina da Vila Bar (Rua São Francisco Xavier, 507 – Maracanã): Ausência do Livro de Reclamações.
  18. Experimenta Lanches (Rua São Francisco Xavier, 503 – Maracanã): Ausência da autenticação no Livro de Reclamações.
  19. Gartes Sorvetes (Rua São Francisco Xavier, 543, loja A – Maracanã): Ausência do Certificado do Corpo de Bombeiros. Prazo de 48 horas para apresentar. Encontrados dois botijões de gás conectados. Foi determinada a retirada imediata dos botijões. A cozinha do estabelecimento foi interditada.

Comente abaixo usando o Facebook:

Deixe uma resposta